Guia do Turista - Logo
Home Dicas Como organizar a mala para a viagem de Carnaval

Como organizar a mala para a viagem de Carnaval

Saiba como selecionar as peças que não podem faltar em sua bagagem

Por Redação Guia do Turista

Com o destino da viagem de Carnaval escolhido e as passagens compradas, é hora de preparar a bagagem. Aí começa o problema de muitas mulheres, afinal, separar apenas as peças que vai usar e conseguir fazer com que todas caibam dentro de uma mala – sem amarrotar – não é uma tarefa tão simples assim.

Uma boa dica para desamassar roupas em viagens é pendurá-las no banheiro enquanto toma banho. O vapor da água ajuda a suavizar as áreas amarrotadas. Outra opção é borrifar um pouco de água na peça e secá-la com o secador do hotel.

Para não deixar o look monótono, a dica é investir em acessórios: maxicolares, brincos poderosos e um belo relógio são apostas certeiras. Lenços, óculos de sol e chapéus completam a lista.

Foto: Thinkstock/Getty Images

Foto: Thinkstock/Getty Images

Por onde começar?

A primeira dificuldade já surge na hora de separar quais roupas serão levadas e quais terão que ficar para trás. Nesse momento, a vontade de levar na viagem todas as peças favoritas é tanta que dá vontade de colocar rodinha no armário e puxá-lo até o seu destino.

Mas, para facilitar a escolha, a consultora de moda e blogueira Juliana Ali dá uma dica infalível: “todas as roupas devem combinar com todas”. Dessa forma, você consegue montar diversos visuais com poucas peças.

Vá de básico!

O segredo dessa versatilidade está nas cores e na modelagem das roupas escolhidas. “Elas devem ser clean, assim sempre combinarão entre si. Cortes retos ou levemente evasês, e poucos detalhes são ideais”, destaca a especialista.

Dessa forma, fuja de peças muito trabalhadas, cheias de bordados e babados. A mesma dica vale para estampas marcantes e acabamentos metalizados, pois eles dificultam na hora de montar os looks. Seguindo essa linha, cores neutras, como branco, preto, bege, vermelho e marinho, são as melhores opções para rechear a sua mala.

Porém, se você quiser pular Carnaval e aproveitar a folia, leve algumas peças mais chamativas e com bastante brilho!

Para não amassar

• Comece a mala encaixando as roupas que não amassam. A calça tipo jeans, por exemplo, pode ser colocada esticada, deixando o restante da perna para fora da mala – que só deve ser dobrada de volta quando todas as peças selecionadas já tiverem sido acomodadas.

• Camisetas e blusas fluidas podem ser enroladas para ocuparem menos espaço. Mesmo no verão, é sempre bom levar alguma roupa de frio para se prevenir: coloque blazers, paletós ou casacos dobrados pelo avesso, para evitar que peguem pelos das outras roupas.

• Os sapatos devem ser colocados em seguida. “Ponha-os em saquinhos, mas lado a lado, como você guarda no armário mesmo, e não um ‘de costas’ para o outro. Assim, ocupam menos espaço”, ensina Juliana.

• Na hora de montar a nécessaire, a dica é comprar pequenos frascos para colocar os produtos para cabelo e corpo. “Levar potes grandes não é prático e você nunca vai usar tudo aquilo na viagem mesmo”, alerta.

• O melhor local para armazenar a bolsinha com os cosméticos é na base da bala, perto das rodinhas. Assim, ela não irá se movimentar quando levantar a bagagem.

Mala coringa

Seja qual for seu destino, é sempre bom incluir esses itens em sua mala:

– Vestido preto básico;

-Camisa branca;

-Calça jeans;

-Calça preta;

-Camiseta neutra;

-Saia básica (pode ser nude, branca, preta ou azul-marinho);

-Scarpin clássico;

-Sapatilha;

-Blazer nude (ou de outra cor neutra).

Se for para a praia, acrescente shorts, chinelo, regata, canga, bolsa de palha e biquíni. Caso o destino seja um cruzeiro, não deixe de colocar esses mesmos itens, além de um belo vestido de festa; já se o destino da viagem for o campo, um par de tênis deve ser incluído na bagagem.

 

Consultoria: Juliana Ali, consultora de moda e blogueira. Site: http://julianaeamoda.com

first downs and second Cheap Jerseys guessesBut our rules haven’t changed.”Maybe someday,” he added, “but not anytime soon.”Someday. The image conscious NFL surely wants no part of fueling the perception that its players are riding around like Cheech and Chong.But we’re talking about medical marijuana, with a key distinction that may make it plausible as a pain management alternative: it doesn’t cheap jerseys wholesale contain THC, the ingredient that gets a person high.As the drug policy stands now, it’s more of a wink wink situation and not just for medical marijuana. I’d prefer to see the NFL offer this kind of on demand video with this kind of quality, for free, but with online video monetization models being what they are today, you can’t fault them for charging viewers. With the NFL now providing this kind of video quality for two out of their three online video services, I hope the games they broadcast on Sunday night in conjunction with NBC start getting the HD treatment, or least encoded into Wholesale NFL Jerseys Online a much higher video quality.Although some states have state approved schools and correspondence courses that offer law degrees, choose a law school accredited by the American Bar Association to ensure your school meets certain standards acceptable in all states. You cheap jordans spend at least three years studying topics such as constitutional law, contracts, property law, civil procedure, trusts and estates, torts and legal writing. You should also begin to take courses for the specialty in which you want to practice, such as tax, labor or real estate law. During the summers, Princeton Review notes most law NFL Jerseys China students work as clerks in the offices of experienced lawyers to gain experience and learn more about various legal specialties.If I set it up on its edge, as you can that backs up in the air now; then the club face is close. It’s also hooded with its very very little loft. So when the golf club sits there correctly, you can see there’s loft on the face, in the back inside corners where it’s sitting. This has been called a long and tough week for the NFL. But ESPN’s Hannah Storm asked some tough questions on Sunday’s SportsCenter that show how hard the week has been for the league’s fans especially for parents who struggle to reconcile their love for the game with its off field violence.Further tests confirmed that, yes, I was type 2 diabetic. I was stunned. I have always been a healthy weight (I am 5ft 7in and just 10st 7lb), had no family history of diabetes, ate a healthy diet, never wholesale nfl jerseys smoked, and I Fake Oakleys Sale definitely did not have a sweet tooth. I’d also eventually be on medication.